• English (UK)
  • +351 217 214 129
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 

O Capitalismo no Banco dos Réus?

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O chamado capitalismo não está condenado. Simplesmente precisa de recursos religiosos, filosóficos, afectivos e estéticos que suscitem não só a energia criadora e a cultura de liberdade, como também a ‘elevação do olhar’, a solidariedade humana e a procura de sentido.


   

Um Pequeno Grande Livro

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Ao defender o retorno aos princípios liberais e democráticos do governo limitado, comércio livre e livre empreendimento, Hayek bateu-se também pela redescoberta das chamadas “virtudes burguesas”, que tinham estado na base da Inglaterra liberal: “a independência, a iniciativa individual, a responsabilidade, o respeito pelos costumes e as tradições, a saudável desconfiança em relação ao poder e à autoridade.”


 

A Ditadura do Relativismo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A revista The New Criterion dedicou o seu último número às várias formas que assume o relativismo ou, como refere Roger Kimball, oferece uma ‘anatomia do relativismo e dos seus primos conceptuais’.


 

Agradecemos o amável e generoso apoio dos nossos patrocinadores:

logo ucp iep lisboa

Logo Jerónimo Martins

logo radio renascenca

© 2021 Nova Cidadania. All Rights Reserved.
Desenvolvimento Angulo Sólido

Please publish modules in offcanvas position.