• +351 217 214 129
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Filosofia política de Strauss

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
aeropacitica.png

Nesta sua obra emblemática, escrita na década de 1950, Leo Strauss discute o direito natural na filosofia política contemporânea e reafirma a existência de fundamentos para a distinção entre o certo e o errado na ética e na política. Para Strauss, pensar o que é intrinsecamente justo não é monopólio dos filósofos, mas um tema de primeira ordem na conversação entre os cidadãos, e por essa razão, é também um assunto político. Direito Natural e História abre com o enunciado da Declaração da Independência dos Estados Unidos de 1776, exprimindo a sua confiança nos princípios políticos e morais que presidiram à sua fundação, e cuja fundamentação filosófica foi posta em causa pela filosofia política da fase mais tardia da modernidade. Um contributo importante para compreendermos a crise intelectual do nosso tempo.

Leo Strauss | Direito Natural e História | Edições 70, Lisboa, 2009 | Introdução e tradução de Miguel Morgado


1000 Caracteres remanescentes


Agradecemos o amável e generoso apoio dos nossos patrocinadores:

logo ucp iep lisboa

Logo Jerónimo Martins

logo radio renascenca

© 2020 Nova Cidadania. All Rights Reserved.
Desenvolvimento Angulo Sólido

Please publish modules in offcanvas position.