• +351 217 214 129
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

A Sibéria de Estaline

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
a_ilha_dos_canibais_small.jpg

Um livro que traz à superfície um episódio particularmente dramático, mantido em silêncio durante décadas: a deportação, em 1933, de milhares de “elementos desclassifi cados e socialmente prejudiciais” de Moscovo e Leninegrado, abandonados à sua sorte numa pequena ilha a norte da Sibéria. Pela sua brutalidade extrema - dois terços dos deportados morreram de fome, de exaustão e de doença nas primeiras semanas, transgressões como o canibalismo e a necrofagia - este episódio revela o clima de violência e de regressão em certos espaços soviéticos, lugares de deportação e de fi xação de residência de excluídos da sociedade socialista em construção.

A Ilha dos Canibais – 1933, Deportados ao Abandono na Sibéria | Nicolas Werth
Pedra da Lua, Lisboa, 2007, 168 pp 


1000 Caracteres remanescentes


Agradecemos o amável e generoso apoio dos nossos patrocinadores:

logo ucp iep lisboa

Logo Jerónimo Martins

logo radio renascenca

© 2020 Nova Cidadania. All Rights Reserved.
Desenvolvimento Angulo Sólido

Please publish modules in offcanvas position.